Eu, estrangeiro e meio!

dali-salvador-dali-2

O Homem novo, Salvador Dali

O primeiro texto do Blog, O estrangeiro e meio, decorria sobre o estrangeiro que escolhe o caminho de volta à sua terra natal, para seguir com o caminho da vida. Um pequeno ensaio sobre as influências e consequências internas e externas de quem, durante importante parte de sua vida, viveu longe de suas raízes e agora, de volta à casa, encara a nova velha realidade.

Chegou a minha vez, sou estrangeiro e meio. Contarei sobre o meu retorno à terra querida, prometida, tupiniquim. Com 18 anos parti rumo ao Velho Continente, com o peito e a cabeça aberta. Agora, onze anos depois ( cinco na Alemanha e seis na Espanha) e quase trinta primaveras, volto ao meu Brasilzão de Deus com o peito e a cabeça aberta.

Minha vida, até o momento, se construiu através de muitas mudanças. Tenho uma relação forte e amistosa com o diferente, com os câmbios e o desconhecido. Desde muito pequeno ele bate à minha porta e eu abro com um sorriso no rosto. Não isento de medo, claro. Aquele formigamento na barriga sempre me fez olhar para o chão para saber onde pisar.

Parece então brincadeira, porém voltar para o Brasil, depois de tanto tempo, era algo desconhecido para mim.

Não pensei muito, aceitei uma proposta de trabalho e duas semanas depois estava em São Paulo. Todas as pessoas à minha volta falando português e aí começa a primeira reação.

Mais de uma vez, ao sair de uma loja, um bar, ou qualquer outra situação, minha cabeça não entendia bem onde estava. Meus olhos claramente enxergavam a Av. Paulista, meu ouvido escutava o vendedor: “olha o guarda-chuva”, a moça: “que filme veremos hoje, amor”. Meus olhos e ouvidos diziam “olha o Brasil”, mas meu cérebro não processava essa informação como real e por segundos não sabia onde estava e me perdia sem decifrar que idioma tinha que falar com a pessoa ao lado. Uma sensação estranha, angustiante, gostosa, interessante.

Outro dia estava na academia, correndo na esteira, no canal  Fox passava o filme “Meu tio matou um cara”. Por ser um canal internacional, meu cérebro associou à Europa e pensei “caramba, que legal, tá passando um filme brasileiro”. Durante cerca de dois minutos estava na Espanha de novo. Olhei para baixo e observei todos caminhando com o gingado e aquele remelexo brasileiro, tomei um susto e ri sozinho. Bem-vindo ao Brasil mais uma vez.

Não passam de pequenas anedotas sem muita importância aparente, mas que fazem parte de um conjunto de transformações. Outras reflexões e anedotas virão em próximos textos aqui no Blog. Contarei um pouquinho mais do Brasil e da relação de repatriado ao lugar querido.

Acerca de caysasilva

Caysa da Silva, 28 anos, nascido no Rio de Janeiro, Cidade maravilhosa. Ex jogador de futebol na Alemanha, estudante de jornalismo na Universidade Complutense de Madri, Espanha, jornalista freelance, colabora com a revista digital “lahuelladigital.com”, blogueiro de Sambaconflamenco. Entusiasta da vida, pronto para desafios. Caysa da Silva, 28 años, nacido en Rio de Janero, Ciudad maravillosa. Ex jugador de fútbol en Alemania, estudiante de Periodismo en Universidad Complutense de Madrid, España, periodista freelance, colabora con “lahuelladigital”, bloguero de Samaconflamenco. Entusiasta de la vida, listo para desafios. Dados personales: Nome: Caysa da Silva Sexo: masculino Idade: 27 Idiomas: portugués, espanhol, alemao, ingles
Esta entrada fue publicada en Em português. Guarda el enlace permanente.

5 respuestas a Eu, estrangeiro e meio!

  1. jesusjprensa dijo:

    deixa o emprego, volta ao jornalismo
    muito bom ,gostei para caralho

    • caysasilva dijo:

      Fala Jesuuuuuu!!! Obrigado por ler amigo, mais fico feliz de que tenha gostado. Olha Jesu, a verdade é que acho que gosto do jornalismo, quem sabe um dia volto, tudo é possivel. Abraçooo

  2. Nicolle dijo:

    Eeeeee has vuelto!! me alegro motones!! espero seguir leyendote!! te mando un beso enorme!

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Cerrar sesión /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión /  Cambiar )

Conectando a %s